terça-feira, 20 de setembro de 2011

Se Amanhã



Se amanhã a Terra se acabasse
Se todas as coisas sumissem
Todos os ruídos
Todas as vozes
Todas as dores
E nós
Ainda restaria uma esperança
Como um nada que vem do invisivel
Numa fumaça colorida q toma a forma dum coração
Se fazendo luz, como num piscar de um farol na neblina
E o milagre da alma se faria presente onde era o mundo
E num pranto lamentoso diria..."volta, meu amor"
Colhendo do invisivel um coração frio, beijando-o com afeto
Despertaria dizendo..."estou aqui, meu amor...sou teu!".

Ghost

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...