quinta-feira, 30 de maio de 2013

Diosa de Ébano


Diosa de Ébano

No momento da lágrima lá vem ela
Com um sorriso e um beijo
Balançando feliz, acariciando nosso rosto
Brilho no olhar, refletindo dor e perdas
Ensinando como sobreviver

Lá vem ela cantando
Sem olhar a quem agrada, só quer ser feliz
Faz feliz quem está por perto

Voz criança
Olhar luminoso
Gesto de carinho e afeto
Alegria, balanço e contágio
Ela tem o que ninguém tem

Ela vem, ela envolve, ela é encanto
Vem no balanço da raça, do amor, do carinho
Se todos fossem como ela, não haveria guerra

Tem a lágrima no rosto, mas cobre o sorriso do moço
Na memória ainda reflete o chicote bandido
Açoitada, mas nunca dominada...ressurge luminosa
Ensina como lutar, perder, mas ganhar
Assim ela vai mudando o mundo

Luz bendita da alma sofrida que aceita a prova
Numa carne que sofre preconceitos
Mas que carrega os vencedores da paz.

Ghost 

(Texto baseado na música Ella Elle L'a - France Gall)


video

terça-feira, 14 de maio de 2013

Da Glória de Amar



O meu corpo andava cego pelos prados deste mundo
Minha alma, na lembrança do teu amor, era meu guia
Vozes dissonantes me chamavam, na tentativa de perder-me
Mas meu espírito desperto, sem titubear, seguia.

Ventos sopraram sobre mim, irromperam tempestades
Areias escaldantes de invejas, prantos de ira,
Línguas prontas a minar minha vontade e mesmo assim
Havia algo a me chamar: teu coração, formosa mira.

 O mundo não perdoa o amor de almas, me disseste um dia
Pois vivo ao avesso deste mundo então, mas jamais desistiria
Da beleza de amar além do corpo, além da vida

Te encontrar foi um milagre pra quem se acreditava descrente,
Te amar foi mergulhar de corpo e alma na imensidão pungente
De um amor Eros e Filos, que por ti me abrasa, Alma querida!

Bíndi, com todo amor, para Ghost


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...