sexta-feira, 2 de maio de 2014

Tarde Demais!!!



O trem  parte
Fico sózinho na estação
A névoa fina, a brisa que sopra suavemente
Fecho os olhos, acreditando estar sonhando
Mas a brisa continua, a névoa que molha minha face, comprova:
Estou só

Meu coração sente a solidão
Ainda tenho o calor do teu último abraço
O perfume de seus cabelos
O gosto do seu beijo
Tudo passou...não posso acreditar, nem entender as tuas razões
O trem já some ao longe, fica só o silêncio e eu

Vai meu amor, segue seu caminho
Meu silêncio acompanhará seus passos e a sua ausência em minha vida
O tempo me dirá para onde irei, ou se ficarei a esperar você voltar.

Só uma coisa me restou...
As lembranças de um amor tão lindo, que deixei morrer
Dei-me conta do quanto perdi, tarde demais...tarde demais!!!

Ghost



P.S.: Devido ao conteúdo de muitos comentários(expressando carinho e apreensividade), pensamos ser necessário um pequeno esclarecimento no sentido de que o poema acima é apenas uma criação livre, expressão de sentimentos abstratos observados no dia a dia das pessoas em geral. (Ghost tem o dom de se expressar com muita sensibilidade em seus escritos)
Agradecemos com muito carinho as manifestações de todos!
"Eu e Ghost estamos juntos e felizes!!!"
                         Bindi

28 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Ghosth,lindo poetar mas acredito que seja uma ficção pois o que está escrito não pode ser verídico entre dois seres que se amam.
bjs amigos.
Carmen Lúcia.

Dorli disse...

Oi Ghosth

Poesia de despedida é sempre triste, mas ela está linda.
Um bom de semana
Beijos
Lua Singular

Roselia Bezerra disse...

Olá,
Tudo vai dar certo seja na vida real como na possível ficção...
Seja feliz e abençoado!!!
Bjs fraternos de paz e bem

Guaraciaba Perides disse...

Fins melancólicos não deveriam existir...mas às vezes são inevitáveis.Lindo poema de ausência, triste mas lindo.Que o amor perdure na distância e seja somente um exercício de poesia.
Um abraço

Bandys disse...

Mas para o amor, nunca é tarde demais.
Amar é permitir sempre, amar é deixar que o outro vá — ou que fique, se assim o desejar. Amar é ter um respeito absoluto pela própria liberdade e pela liberdade do outro. Amar é compreender sempre. E isso não significa apenas entendimento racional, vai além, muito além: Amar é reconhecer afetuosamente o direito que o outro tem de fazer suas escolhas — mesmo que essas escolhas eventualmente me excluam.

Graccias pelo oscar(hehehe) mas não mereço tanto!!

beijos queridos fiquem com a luz de deus.

ReltiH disse...

A VECES HAY QUE DEJARNOS TAMBIÉN ESCAPARNOS.
UN ABRAZO

Brisa Petala disse...

olá
amei o texto para o amor não existe fronteiras.Passando para matar a saudade do seu cantinho. Ameiiiiii a música fiquei horas ouvindo linda demais.Me senti dançando. Uma feliz semana. Com carinho. Ana
"Enumere as bênçãos em sua vida desde seu nascimento e coloque na balança, veja o quanto Deus o abençoou, e agradeça o seu momento atual com muita alegria e compreensão."

Bell disse...

Acredito tb que para o amor nunca é tarde demais.
As pessoas precisam dar valor ao outro enqto estão juntas.

bjokas =)

✿ chica disse...

Pena quando acaba assim.Perdendo o amor e sendo tarde demais! Lindo! beijos,chica

Maria Adeladia disse...

Olá! Texto bem melancólico.Mas creio que quando o amor é verdadeiro, nunca pode ser tarde demais...!
Bjs e uma ótima semana.

Sónia M. disse...

Nunca é tarde para o amor...
Ele encontra sempre a hora para voltar e ficar. Muito belo!


Deixo um beijo grande!
Feliz dia da mãe! No meu país celebrou-se a 4 de Maio. Mas da mãe, são todos os dias, ela é imensa...

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi amigos Bindi e Ghosth,obrigada pela visita e comentário.
Um feliz dia das mães.
bjs
Carmen Lúcia.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Nunca é tarde demais...
Feliz Dia das Mães.
Beijos,
Renata

Bandys disse...

Oia eu aqui de volta. Porque eu vou mais volto.

"Quando a tristeza vier ao seu encontro, deixe sair dos olhos uma lágrima, da boca um sorriso e do coração uma prece, pois não são covardes os que choram por amor, mas sim aqueles que amam com medo de chorar..."

Feliz dia das mães com beijinhos

Bandys disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dorli disse...

Oi queridos

Segunda-feira e vou ver os outros.
Obrigada pelo carinho
Beijos
Lua Singular.

ONG ALERTA disse...

Nunca é tarde quando verdadeiro.
Feliz dia das mães beijo Lisette.

Cristina Cebola disse...

Passei para conhecer o seu blog...
Adorei o poema, uma despedida de amor em que o coração soluça como se quisesse adiar a partida, como se suplicasse: fica um pouco mais.
É nestes desencontros que a alma do poeta busca as emoções mais sublimes que inspiram os mais belos versos...

Abraço, vou adicionar-me aos seus seguidores..

Gracita Fraga disse...

Olá amigos
Um quando verdeiro nunca acaba às vezes vivenciamos uma pausa mas ele retorna devido à paixão que emana de dois corações enamorados.
Triste despedida numa belíssima construção poética.
Amanhã vamos celebrar um dia super especial. E todas nós somos mães pelo instinto materno com o qual fomos agraciadas e por isso lhe digo
Mães são assim como as fadas.
São anjos cheios de amor.
Tão guerreiras no dia a dia!
E delicadas como uma flor.
Feliz Dia das Mães
Beijos
Gracita

Vera Lúcia disse...


Olá amigos,

Infelizmente, só nos damos conta da importância de alguém em nossa vida quando, por descuido, a perdemos. Fica a saudade, mas também a esperança do reencontro.

Muito lindo.

Ótimo final de semana, com um feliz dia das mães.

Beijos.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Lindo demais,apesar de triste,Ghost.

Mas sempre restam as esperanças.

Obrigada pela visita e Feliz Dia das Mães!

Beijos

Donetzka

Clau disse...

Boa noite Ghost e Bindi!
Finais e despedidas são sempre tristes e melancólicos...
A poesia demonstra consternação, mas é belíssima.
bjs!

Zilani Célia disse...

OI GHOST!
NÃO QUERENDO CONFUNDIR FICÇÃO COM VERDADE, TE DIGO QUE ME PREOCUPEI, POIS ACHEI O TEXTO TÃO SENTIDO QUE TOCOU-ME A ALMA.
FICA COM DEUS.
ABRÇS
http://zilanicelia.. blogspot.com br/

Jossara Bes disse...

Ghost e Bindi,
Bela poesia!
Descrever a dor do "fim" é triste, porém são passagens que cedo ou tarde, na imaginação ou no real teremos que vivenciar, então que cheguem acompanhadas de muita poesia, não é mesmo?
Felicidades para vocês!

Ronilda David/Loubah Sofia disse...

Estou como algumas amigas que escreveram aqui sseus receios e
espero de facto que seja apenas um extravasar do que chama de "eu poético"

Não consigo imaginar vós os dois longe um do outro.

Mas olha...

Triste,belo,transbordando dor,amor
saudades.


Sempre parte-me o coração quando deparo-me com criações assim.

Que Deus vos abençoe sempre e guarde vossos corações da infelcidade do adeus.

Um carinhoso abraço queridos.

Pérola disse...

As perdas sempre deixam espaço para outros ganhos.

Talvez seja cedo demais para novos caminhos

Beijinhos

Reflexo d'Alma Fase 2014 disse...

Lindo tudo por aqui.
Ja seguindo
adorei o estilo.
Bjins
CatiahoAlc./Reflexo d'Alma

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Obrigada amigos Bindi e Ghost pela visita e comentário.
bjs
Carmen Lúcia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...